Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
ADMIRATech - Um Projeto Ilha Admirável

Um projeto Ilha Admirável

Acessos: 283

 Em andamento 

Coordenação: Mauricio Antonio Santini Junior

Estudante bolsista: Lucas Garcia Dobre

Vigência: 2024

Instituição Parceira: SEBRAE-SP, Prefeitura de Ilha Solteira, ETEC de Ilha Solteira, Centro de Inovação da Educação Básica Paulista



RESUMO: O projeto AdmiraTECH nasce dentro de um movimento da cidade chamado Ilha Admirável, o programa, oficialmente lançado no dia 11 de maio de 2023, visa transformar o município em um “Polo de Inovação que impacte de forma relevante no desenvolvimento da região da Alta Noroeste Paulista, baseado em políticas públicas permanentes e cultura de empreendedorismo inovador no meio estudantil, empresarial e em toda sociedade” (UNESP, 2023).

O programa recebe apoio de grande parte das organizações sociais da cidade, tendo como principais apoiadores a prefeitura da Estância Turística de Ilha Solteira, a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), o SEBRAE São Paulo, O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), a Escola Técnica Estadual de Ilha Solteira (ETEC), a Associação Comercial e Empresarial de Ilha Solteira (ACEIS), a Organização dos Advogados do Brasil (OAB) e Voti Valley.

Nesse contexto, a educação, em todos os seus níveis, do fundamental à pós graduação, é ator principal como agente transformador e via catalisadora da inovação buscada no projeto. Então, o processo de fomento à inovação deve fazer parte do contexto escolar, seja qual for seu nível de atuação.

Portanto, o presente projeto é peça central no sucesso do Programa Ilha Admirável, uma vez que é uma ação que desenvolve a cultura do empreendedorismo inovador nos estudantes do nível médio e integra as escolas públicas de nível médio da cidade.

Portante, Propõe-se a criação de um projeto de extensão que visa fomentar a inovação e o empreendedorismo nos estudantes do ensino médio do município de Ilha Solteira. Para isso, será elaborada uma trilha formativa baseada em 6 pilares, sendo eles:

  1. Desenvolver o comportamento empreendedor com oficinas;
  2. Empatizar e buscar oportunidades com visitas a campo;
  3. Conhecer cases de sucessos com MeetUps;
  4. Gerar ideias com Ideathon;
  5. Prototipar com Oficinas Makers e de Inteligência Artificial;
  6. Validar a Proposta com a Feira de Encerramento.

Os estudantes de todas as escolas públicas de Ilha Solteira participarão de atividades dentro dos 6 pilares supracitados, tendo como plano de fundo o desenvolvimento de soluções inovadoras de tecnologia social, para isso serão estabelecidas conexões com diversas entidades organizacionais da comunidade de Ilha Solteira, como o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPCD), a Cooperativa de Produção Industrialização e Comercialização dos Assentados e Agricultores Familiares (COAF), a Legião Mirim, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), entre outros para buscar soluções à problemas dessa parcela da população.


 

Galeria de Fotos

Apresentação do Programa nas Escolas de Ensino Médio de Ilha Solteira

 

Abertura Oficial do Projeto na UNESP de Ilha Solteira

 

Oficina: O processo de Empreender Ministrada pelo Professor Mauricio (IFSP) e por Wendell Rocha (SEBRAE-SP)

 

Oficina: O processo de Empreender

 

Visita de campo ao Assentamento para conhecer a problemática local

 

MeetUp com empreendedor Matheus Cardoso - Criador da @Moradigna

 

IDEATHON - Solucionando Problemas Sociais no IFSP Ilha Solteira

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página