Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Artigos

Alunos do Curso de Economia Solidária do IFSP de Ilha Solteira Participaram da V Feira de Sementes Crioulas em Andradina (SP)

Acessos: 635
imagem sem descrição.

Nos dias 20 e 21 de junho de 2024, os alunos dos cursos de Agente de Desenvolvimento Cooperativista Solidário e Gestão de Empreendimentos Econômicos Solidários do Instituto Federal de Ilha Solteira (IFSP) marcaram presença na V Feira de Sementes Crioulas, realizada na cidade de Andradina (SP). Esse evento anual é um dos mais importantes da região, promovendo a troca de sementes crioulas e práticas sustentáveis no cultivo e gestão de empreendimentos solidários.

A participação dos alunos na feira não se limitou apenas à observação. Eles se engajaram ativamente em diversas atividades práticas que foram fundamentais para a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula. Essas atividades práticas proporcionaram uma experiência rica e imersiva, permitindo que os alunos colocassem em prática teorias e técnicas aprendidas nos cursos. Além disso, a interação com agricultores, técnicos e outros estudantes ampliou a visão dos alunos sobre a economia solidária e as possibilidades de atuação nesse campo.

A participação dos alunos na V Feira de Sementes Crioulas foi possível graças ao empenho e dedicação dos professores Fábio Akira Shishito e Eduardo Mendes. Ambos são reconhecidos por seu compromisso com a formação de profissionais capacitados para atuar em empreendimentos econômicos solidários e pelo incentivo constante à participação dos alunos em eventos e atividades práticas que complementam o ensino teórico.

A participação dos alunos dos cursos de Agente de Desenvolvimento Cooperativista Solidário e Gestão de Empreendimentos Econômicos Solidários do IFSP na V Feira de Sementes Crioulas foi um sucesso e um marco importante na trajetória acadêmica dos estudantes. Com o apoio e orientação dos professores Fábio Akira Shishito e Eduardo Mendes, os alunos puderam vivenciar na prática os desafios e as possibilidades da economia solidária, retornando à Ilha Solteira com novas ideias e uma bagagem enriquecedora para seus futuros projetos.

registrado em:
Fim do conteúdo da página